3 lugares colaborativos para conhecer em São Paulo

No Brasil, há um lugar onde milhares de coisas acontecem simultaneamente. Lá, tudo muda rápido demais. Estamos falando de São Paulo, claro. Hiperurbana e cosmopolita, a capital paulista é o centro do país quando se fala em novidades e lançamento de tendências.

 

Logo quando lançamos o CCG, buscamos os  co-workings mais legais que que existem em Berlim. Agora, listamos três lugares em São Paulo imperdíveis para quem se interessa por espaços colaborativos – para quem não mora lá, é mais um motivo para incluir a cidade nos próximos destinos de viagem.

 

Dutch Art Institute

 

Casa do Povo

 

A Casa do Povo é uma associação cultural sem fins lucrativos que existe desde 1946. Foi construída logo após a Segunda Guerra Mundial por meio de um esforço coletivo da comunidade judaica progressista recém-chegada no bairro do Bom Retiro. Atualmente, atua como lugar de memória e centro cultural em sintonia com a produção artística contemporânea. A proposta da programação é flexível e se adapta a cada projeto: aulas de ídiche e de dança acontecem no local. Também abriga projetos como a Edições Aurora, editora independente focada em produções sobre arte e política, o Lote, residência artística que acolhe interventores e artistas, e o ocupeacidade, que iniciou suas atividades em 2006 com a proposta de unir pessoas interessadas em produzir coletivamente ações artísticas nos diversos espaços da cidade.

 

Endereço: Rua Três Rios, 252 – Bom Retiro (SP)

 

Confira no blog Creative City Guide a matéria na íntegra, publicada em abril/2017.

Você também pode gostar disso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *