Perto ou longe: Qual o melhor bairro para morar?

Você encontrou o imóvel que sempre sonhou. O condomínio oferece opções para a família. O preço está dentro da sua expectativa, mas… precisa de carro para tudo! A farmácia fica longe, o trânsito até o trabalho é pesado, qualquer ida ao supermercado se torna uma “viagem”. E aí, vale a pena o bairro? Até onde você está disposto a mudar?

 

Mobilidade e conveniência são características desejadas que valorizam muito um bairro. Ainda mais com o trânsito do jeito que está nos dias de hoje. Morar perto do trabalho, da escola dos filhos, não precisar de grandes deslocamentos para resolver a vida, tudo isso proporciona qualidade de vida. E, é claro, gera valorização. O problema é que nem sempre aquele apartamento que você sonha, na rua perfeita do bairro que é a sua cara… vai caber no bolso.

 

Felizmente, dá pra tentar achar um equilíbrio, tudo depende de até onde você está disposto a mudar para isso – e, principalmente, quais são suas necessidades diárias e familiares?

 

Apartamentos novos, com infraestrutura completa, em regiões nobres ou centrais são extremamente valorizados hoje em dia. Mas existem excelentes lançamentos e opções em regiões muito boas, que oferecem tudo o que sua família precisa – incluindo a mobilidade e a conveniência.

 

1.  Defina o que você quer

Conhecer bem o seu próprio perfil – e de sua família é um ponto crucial para escolher uma localização para morar. Quais são as suas principais demandas sobre o local?

 

Por exemplo, se você possui filhos pequenos e prefere morar em casas amplas, procure por regiões calmas e afastadas das áreas centrais. Sem esquecer das escolas: existem próximas ou é fácil chegar nas que eles frequentam? Mas se você não abre mão da vida noturna, não adianta morar em um bairro que não conte com bares, boates, pubs ou estabelecimentos voltados para o entretenimento.

 

Lembre-se: mudar de endereço quase sempre implicar em uma mudança de hábito. Portanto, é fundamental definir o perfil do que você vai procurar: é a sua necessidade que determina o melhor imóvel e a localização ideal.

 

2.  Entenda quais são os seus deslocamentos mais frequentes

Quais são os pontos que você precisa visitar diariamente ou com maior frequência? Seu conforto e qualidade de vida em um bairro precisam responder a essa. É importante ter em mente sua rotina: como esses deslocamentos são feitos, com qual frequência eles acontecem e em que medida podem ou não ser alterados. Com base nisso, você deve escolher o bairro que melhor se encaixa nessa logística diária.

 

3.  Prefira o bairro que permita os menores deslocamentos

Na maioria das vezes, não dá pra gente mudar o local de trabalho. Então, um bairro mais próximo à empresa ou com boas vias de acesso é mais conveniente. Se for esse o caso, você pode pensar em alterar outras necessidades de deslocamento. Por exemplo, a conveniência de ter mercados, academias e comércio no bairro, ao redor de casa, com certeza facilitará sua rotina.

 

4.  Escolha sempre morar perto

Uma localização é mais interessante quando torna nossa rotina menos desgastante. Assim, estar perto do que importa significa viver melhor. Você passa menos tempo se deslocando, se estressa menos no trânsito, e ecomiza minutos preciosos que podem ser dedicados à família, aos amigos, estudos ou algum hobby. Para as coisas do dia a dia, você pode ir caminhando ou de bicicleta, sem enfrentar congestionamentos ou superlotações. Seu dia rende mais!

 

O mercado imobiliário está repleto de oportunidades e empreendimentos com perfis diferentes. Não é difícil encontrar aquele apartamento que, do muro pra dentro, oferece tudo e mais um pouco. Mas é a sua rotina quem determina se o endereço vale a pena.

 

Nossa dica é sempre buscar um lugar que seja perto. É difícil ver alguma desvantagem em escolher morar perto do trabalho ou da escola dos filhos. Assim, você economiza tempo, dinheiro e ganha qualidade de vida.

 

E você, está pensando em mudança? Até onde você está disposto a ir para conseguir morar naquele imóvel dos seus sonhos? Conte pra gente nos comentários.

Você também pode gostar disso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *