COMPRANDO IMÓVEL: COMO FAZER UM BOM NEGÓCIO

COMPRANDO IMÓVEL: COMO FAZER UM BOM NEGÓCIO

Na hora de negociar um imóvel, todos querem tirar o máximo de vantagem. Quem compra quer pagar menos e quem vende quer conseguir o melhor preço possível.

 

O cenário de estagnação econômica dos últimos anos promoveu um repensar de valores praticados por parte das incorporadoras e imobiliárias. Em momentos assim, é natural que os imóveis fiquem mais acessíveis. Flexibilidade de negociação e boas oportunidades estão surgindo com mais frequência. Portanto, você não precisar se jogar na primeira oferta que aparecer em sua frente.

 

3 PONTOS QUE NÃO FALTAM EM UM BOM NEGÓCIO IMOBILIÁRIO

 

Em linhas gerais, analisando com “olhos de investidor”, o melhor negócio imobiliário é aquele que, além de ser seguro para você, tem liquidez e um preço abaixo da média do mercado.

 

E estes são os 3 pontos importantes que você deve observar:

 

  • liquidez: o imóvel que você está comprando não deve ser uma “commodity” (isto é, um produto com baixo valor agregado), pois nesse nesse caso, quem coloca o preço é o imóvel vizinho – que é exatamente igual e, portanto, deverá valer a mesma coisa. Procure sempre imóveis que apresentem diferenciais relevantes para os moradores – e que costumam ser mais valorizados no mercado.

 

  • segurança: certifique-se da idoneidade de todos os envolvidos no processo de compra, do corretor à incorporadora. Se o empreendimento ainda não estiver pronto, procure saber se a incorporação está registrada no Cartório de Imóveis. Outra garantia para resguardar seus interesses é verificar se há patrimônio de afetação – que é quando o empreendimento fica separado do patrimônio do incorporador e, assim, está mais protegido de eventuais problemas de saúde financeira de quem está construindo.

 

  • preço: lembra que há pouco a gente comentou em não sair fechando negócio sem antes dar uma boa pesquisada no mercado? Pois é a partir dessa avaliação de ofertas que você poderá estabelecer seus parâmetros de comparação e, então, ter certeza de que está diante de um preço vantajoso. Defina o valor máximo que você pode e quer pagar, isso vai ajudar na hora de responder a uma proposta.

 

Por último, o imóvel deve ter potencial de aumento de preço acima da inflação. E sabe onde isso geralmente acontece? Justamente nos imóveis diferenciados, de boas localizações, que costumam ser construídos por empresas sólidas e sérias e, por isso, têm maior liquidez e preço competitivo…

 

Mas antes de encerrar este post, ainda temos uma dica mais importante que essas aí acima: se você está procurando um apartamento para você mesmo, lembre-se que ninguém mora em um bom negócio. Não dá para olhar este tipo de investimento somente pelo ponto de vista financeiro. Você precisa se identificar com o imóvel escolhido, ele tem que atender às suas necessidades. Afinal, morar bem é que é o melhor negócio.

 

E você, já está na fase de pesquisar um apartamento novo para comprar? Compartilhe com a gente sua história. E não deixe de assinar a nossa newsletter para receber conteúdos exclusivos em seu email.

NENHUM COMENTÁRIO

ENVIAR UM COMENTÁRIO