As lições que o design thinking tem para você e para o mundo

O design thinking é um método inovador, com potencial de transformar o mundo. Nos últimos anos, essa metodologia relacionada ao “pensamento do design” tem ganhado cada vez mais destaque. Seu conceito está centrado na busca por soluções de problemas a partir das reais necessidades do mercado.

 

“O conceito de design thinking veio para revolucionar a maneira de encontrar soluções inovadoras para os problemas, soluções criativas focadas nas necessidades reais do mercado e não em pressuposições estatísticas.”

 

O foco central do design thinking é a busca por soluções inovadoras. Mas, o conceito vai além do que uma nova estratégia para o desenvolvimento de melhores produtos e serviços.

 

A partir da colaboração possibilita pensar em maneiras mais eficazes de descobrir as reais necessidades. Busca pela compreensão ampla dos problemas humanos.

 

 

Design thinking: abordagem interativa

Diante de um possível problema ou necessidade de inovação, o design thinking se orienta a partir de uma abordagem interativa. Ou seja, todos as partes envolvidas no processo (empresa, clientes, fornecedores, colaboradores internos, etc) são colocadas no centro de desenvolvimento e fazem parte da construção de novas ideias.

 

Com a inserção, a experiência e, principalmente, a empatia, o design thinking é um trabalho colaborativo que possibilita entender o problema sob diferentes visões. Dessa forma, a ação conjunta e a compreensão ampla do design thinking fazem do processo um pensamento crítico e criativo. Por meio dele se obtêm informações mais construtivas para propor soluções inovadoras focadas em necessidades.

 

design-thinking-4

 

“O processo consiste em tentar mapear e mesclar a experiência cultural, a visão de mundo e os processos inseridos na vida dos indivíduos, no intuito de obter uma visão mais completa na solução de problemas e, dessa forma, melhor identificar as barreiras e gerar alternativas viáveis para transpô-las.”

 

Quatro etapas de abordagem

Na prática, podemos entender o conceito de design thinking a partir de um pensamento macro, baseado em quatro diferentes etapas de abordagem. Todas buscam a compreensão ampla do problema e a criação de soluções inovadoras: imersão, análise e síntese, ideação e prototipação.

 

  • Imersão: É a vivência do problema. Nesse primeiro momento são levantadas todas as informações possíveis. Há a aproximação de todas as partes envolvidas e a contextualização do problema, seja por meio de entrevistas, observações, acompanhamento, etc.
  • Análise e síntese: Consiste na organização de todas as informações coletadas na etapa de imersão. Os insights devem ser organizados de forma clara e resumida para auxiliar na compreensão do problema.
  • Ideação: É o momento de discutir abertamente sobre as ideias com o intuito de gerar soluções inovadoras para o problema encontrado. A ideação pode ocorrer por meio de brainstormings, mapas mentais, storyboards, workshops, entre outros.
  • Prototipação: Ajuda na validação da ideia gerada. É a concretização da ideia, a passagem do abstrato para o concreto, para que se apresente uma versão (protótipo) do que será desenvolvido.

 

O método do design thinking é uma forma eficaz de pensar. Ele pode ser aplicado em praticamente tudo que exija uma ideia mais “fora da caixa”. Pode facilitar até mesmo o fluxo criativo de quem trabalha com esta metodologia.

 

Aplicações do Design thinking

No Brasil, a metodologia pode ser encontrada nas empresas mais inovadoras. Um exemplo é o Itaú Unibanco. Sua cultura de inovação criou um ambiente propício para as reuniões de design thinking, a “Inovateca”.

 

A FGV realizou um estudo com gestores de design thinking do mundo todo. Cerca de 80% deles percebeu que as empresas geraram soluções mais criativas e eficazes quando passaram a utilizar esse método.

 

Apesar das grandes empresas serem ainda a maioria utilizando o método de design thinking , o conceito parece ganhar força a cada dia. Isso se deve à necessidade de repensar processos e inovar em um mercado cada vez mais competitivo e exigente.

 

design-thinking-2

 

O design thinking veio para propor um novo olhar na solução de problemas de todas as naturezas, sejam elas empresariais ou pessoais. É um método que utiliza principalmente as pessoas no centro do desenvolvimento de um projeto. Gera, assim, resultados mais desejáveis para elas, além de conceber soluções financeiramente e tecnicamente viáveis.

 

Muito mais do que um método capaz de trazer resultados mais assertivos para o mercado, o design thinking está transformando a maneira com que desenvolvemos a nossa criatividade e pensamos em soluções capazes de resolver os problemas de maneira colaborativa.

 

A inovação é um processo complexo e não linear. O design thinking é o método mais apropriado para explorar e encontrar soluções mais criativas e inovadoras para os nossos problemas.

 

Seu conceito propõe uma abordagem diferente para a construção de novas ideias. Tem como principal objetivo proporcionar às pessoas uma experiência mais completa.

 

Por essa razão, o design thinking é um método visionário. Tem o grande potencial de não transformar apenas empresas. Pode ajudar a transformar o mundo. O Design thinking se preocupa em produzir soluções que gerem novos significados e atendam às reais necessidades humanas.

Você também pode gostar disso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *