5 novos modelos de negócios para empreender ainda em 2017

5 novos modelos de negócios para empreender ainda em 2017

Não está fácil para ninguém ganhar dinheiro, ainda mais na atual situação em que o país se encontra. Por isso, muitas pessoas estão considerando formas alternativas de renda e principalmente,  de empreender.

 

O ano de 2017 já está na metade, mas isso não quer dizer que é tarde para começar um projeto empreendedor ainda neste ano.

 

Sim, é possível! Basta analisar o mercado racionalmente e saber interpretar todas as possibilidades e oportunidades.

 

Para te ajudar, a Wikihaus preparou uma lista com 5 novos modelos de negócio para você empreender ainda em 2017. Confira na lista abaixo qual modelo de negócio mais combina com você e empreenda ainda este ano.

 

Produtor de conteúdo

Trabalho que pode ser feito por escritores, jornalistas, publicitários ou qualquer pessoa que se expresse bem por meio da escrita. Mas isso dá retorno financeiro?

writing-923882_1280

Lógico. Aqui existem várias possibilidades.
 
O produtor de conteúdo pode escrever para um blog próprio (o que pode demorar para gerar retorno) ou escrever para um blog/site já consolidado, como freelancer ou trabalho fixo.
 
Trabalhar como freelancer, contudo, abre a possibilidade de trabalhar com diversos veículos e de diferentes segmentos. Por isso a necessidade de ter flexibilidade na escrita para se adaptar à diferente linha editorial de cada empresa ou marca.
 

Marketing Digital

Embora não seja um modelo “tão novo assim”, o marketing digital está em constante evolução e atualização. No entanto, assim como qualquer área, é um trabalho que exige estudo e comprometimento para que não seja algo “mais do mesmo”.

ipad-820272_640

 

Trabalhar com marketing digital se tornou uma boa opção para quem deseja empreender na crise, pois seu trabalho será justamente ajudar as outras empresas com o reconhecimento de marca,  captar mais seguidores, leads e possibilidades de negócios.

 

Aliás, muitos empresários já se deram conta de que agências de marketing digital apresentam um custo benefício interessante no quesito investimento X retorno.

 

Alimentação saudável

É um assunto que está super em alta. A todo instante vemos matérias na internet, jornal e tv falando sobre a importância de uma alimentação saudável. E não é coincidência. A mídia percebeu o interesse das pessoas em ter lifestyle saudável e por isso vem cada vez mais falando sobre isso. Os principais alvos (consumidores) desse segmento são pessoas que estão preocupadas com a saúde e nutrição, que fazem exercícios físicos, vegetarianos e veganos.

hamburger-494706_640

 

Ou seja, você já sabe que existem muitos consumidores dispostos a consumir esse universo. Basta investir em uma ideia diferente para diferenciar-se dos concorrentes e alcançar as pessoas certas. As possibilidades são várias, seja abrir uma loja, um restaurante, criar um site ou um aplicativo, criar um canal no YouTube ou investir em um foodtruck, entre outros.

 

A palavrinha do momento: inovação.

 

Como dito no começo do texto, empreender é analisar o mercado e entender as oportunidades. A alimentação fora de casa tornou-se uma tendência, visto que as pessoas estão sem tempo para cozinhar devido a vida corriqueira da cidade grande.

creative-725811_640

Além disso, a nova geração está cada vez mais grudada aos smartphones até na hora de comer: seja para encontrar um local para jantar, ou ver uma receita para se fazer em casa. Portanto, é preciso utilizar essas informações para fazer algo diferente e inovador no mercado.
 

Customização: Ser único está em alta

O consumidor de hoje quer ter uma peça única. Sabe quando você compra uma camiseta e, no dia seguinte, se depara com alguém utilizando a mesma peça? Ou aquela roupa que até então estava no fundo no armário e você até gosta mas já enjoou dela? Cada vez mais as pessoas estão em busca de personalização como uma forma de auto expressão e inovação.

 

Os serviços de personalização oferecem um mar de possibilidades. Os consumidores do momento estão buscando esse tipo de serviço em todos os segmentos. Basta você juntar os recursos necessários e começar o seu projeto.

céu-handmade

É o caso da Céu Handmade, uma marca de upcycling e customização que visa o incentivo ao reaproveitamento de moda fazendo com que as pessoas consumam de forma mais consciente. A Céu customiza a peça de roupa que você quiser, mas as peças mais famosas que levam a customização são jaquetas, jeans e saias.

 

Economia compartilhada

É a grande tendência desta década. É a possibilidade de reaproveitar ou compartilhar produtos e serviços e ainda ganhar dinheiro com isso.

 

A economia compartilhada está alinhada à causa sustentável. Afinal, a ideia é ter menos pessoas comprando e mais pessoas compartilhando, fazendo com que menos recursos sejam “ceifados” do planeta.

season-1985856_640

Hoje existem diversas possibilidades de compartilhamento e que ainda podem gerar renda com isso. Já publicamos vários conteúdos sobre o universo da economia colaborativa aqui no blog: Veja todos os conteúdos aqui.

 

  • Escritório – Coworking;
  • Carro – Uber, Cabify etc;
  • Quartos ou espaços em casa – Airbnb;
  • Tempo e amor pelos animais – Doghero;
  • E muitos outros!

 
O compartilhamento de capacidade ociosa é um modelo de negócio para empreender ainda em 2017 que pode dar muito certo.
 
Diferentes tipos de negócio para diferentes tipos de empreendedores, a verdade é que ainda tem espaço para todos em Porto Alegre. Tenha sempre em mente que em qualquer tipo de negócio existe grandes desafios.

Você também pode gostar disso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira os valores
e imóveis disponíveis.